• hodlthebook

3º Halving da Bitcoin (2020)

A blockchain da Bitcoin sofre um halving a cada 210.000 blocos. É considerado um dos maiores acontecimentos no ecossistema das criptomoedas e normalmente, está associado a um aumento de preço significativo da Bitcoin. O que representa o halving da Bitcoin?



A primeira transação de Bitcoin (BTC) ocorreu em janeiro de 2009 em simultâneo com primeiro bloco da sua blockchain, o bloco genesis, e a Bitcoin era negociada diretamente entre duas pessoas sem nenhum intermediário, ou seja, numa lógica peer-to-peer (P2P). Existiam muito poucas transações e era o início de uma nova era. Se tivermos isto em consideração, percebemos que para podermos analisar os fundamentos da criação da Bitcoin, teremos de compreender a sua natureza como sistema monetário.

A Bitcoin foi projetada como uma moeda deflacionária. Tal como deverá acontecer com o ouro, a Bitcoin tornar-se-á mais escassa à medida que o tempo for passando. Primeiro, porque existe uma quantidade finita de Bitcoin (21 milhões) e depois, porque a emissão de nova Bitcoin diminui a cada 210.000 blocos que são processados na sua blockchain. À medida que a Bitcoin se torna mais escassa, existindo um aumento da procura ao longo do tempo, permite que seja utilizada como proteção contra a inflação, uma vez que o preço aumenta. E aumenta também porque os mineradores, todas as pessoas que utilizam hardware para manter a blockchain da Bitcoin e serem recompensadas por isso, necessitam de pagar a electricidade. Se gastam electricidade para minerar Bitcoin e a sua recompensa é reduzida, não existe outra solução a não ser um aumento natural do preço. A ideia que fundamentou esta forma de existência, deve-se às moedas fiduciárias, nomeadamente o dólar norte-americano e o euro, uma vez que estas sofrem uma inflação tremenda, devido à quantidade excessiva de impressão por parte dos bancos centrais, levando a uma diminuição no poder de compra da maioria das pessoas. Como tal, a Bitcoin encontrou uma solução.


O ajuste da inflação e da emissão de moeda é aquilo que podemos denominar como halving da Bitcoin. Teremos de o dividir o modelo acima em diversas fases e poderemos compreender melhor aquilo de que se trata. Basicamente, o halving da Bitcoin é a diminuição da recompensa dos mineradores para metade. Os primeiros quatro anos (2008-2012) foram anos de teste e completamente diferentes dos anos do segundo (2012-2016) e terceiro (2016-2020) ciclos. O quarto (2020-2024), o quinto (2024-2028) e todos os ciclos que se seguirem serão igualmente diferentes entre si porque a evolução tecnológica e as mudanças no paradigma económico global provocarão alterações significativas no percurso da Bitcoin nos próximos anos. Obviamente que poderemos observar semelhanças entre os diversos períodos e os mercados são cíclicos, mas não significa que tudo se repita de igual forma daqui para a frente. A emissão de novas moedas é feita algoritmicamente através das recompensas da resolução de problemas criptográficos no minning da rede e em 2020, já assistimos à redução para metade da recompensa, passando de 12.5 para 6.25 unidades de Bitcoin por bloco minerado. Em 2024 passará para 3,125 Bitcoin por bloco, em 2028 para 1,5625 BTC e assim sucessivamente. #halving


" A emissão de nova Bitcoin diminui a cada 210.000 blocos (...) O halving da Bitcoin é a diminuição da recompensa dos mineradores para metade"

O halving da Bitcoin é um acontecimento especial e tem um impacto gigante na comunidade das criptomoedas. Existem sempre imensas notícias e a euforia está essencialmente relacionada com o impacto deste acontecimento na área da mineração, nas taxas de transação e no preço. Devido à diminuição de emissão de Bitcoin, o preço tende a aumentar bastante e o halving é um momento que acaba por definir a garantia de uma nova bull run no mercado, ou seja, um aumento exponencial de preço na Bitcoin e no mercado em geral. A esperança de ganhos e lucros avultados é muito grande e como tal, é um excelente momento para adquirir Bitcoin, seja para vender mais tarde ou para a armazenar em segurança e utilizá-la normalmente quando reprensentar uma reserva de valor ainda maior. A tabela seguinte permite-nos ter uma ideia mais ajustada a cada halving.



Somente para recordar e ajudar a compreender o impacto que o halving tem, poderemos rever graficamente a sua evolução de preço e reforçar que a Bitcoin apresenta algumas características importantes:


  • Sigla: BTC;

  • Emissão de moeda: Limitada a 21 milhões

  • Algoritmo de consenso: Proof-of-Work

  • Taxonomia: Sistema de pagamento e reserva de valor

  • All Time High (ATH): 20000$USD;

  • Website: bitcoin.org.


Para concluir, resta dizer que eu não sou nenhum vidente e nem o quero ser. Não sei se o futuro é impossível de prever, mas acredito que conseguimos analisar fundamentalmente a nossa realidade e analisar tecnicamente um gráfico. No que se refere ao preço da Bitcoin, acredito que chegará aos 100.000€ nos próximos anos sem sombra de dúvida! Existem imensas previsões diferentes, mas a realidade é que independentemente de cada uma delas, a Bitcoin tem seguido o seu caminho de forma muito natural e sempre baseada no seu modelo de inflação. Assenta totalmente no equilíbrio entre a oferta e a procura e por ser finita e ser cada vez mais escassa, poderá atingir níveis nunca antes imaginados, oferecendo-se como uma das melhores alternativas como sistema monetário e reserva de valor. Encontramo-nos no próximo post!

77 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo