• hodlthebook

Trading: sim ou não?

Atualizado: 16 de Set de 2020

O trading é uma atividade cada vez mais popular, principalmente dentro das comunidades mais jovens ou gerações que querem oportunidades diferentes, como os millennials. Mas será que é para todos?


O trading é uma atividade proveniente da negociação de ativos, sejam eles cripto ativos, acções, títulos, divisas, entre muitas outras opções. No caso das criptomoedas, considerando-se neste caso, cripto ativos, posso afirmar que o trading é uma constante. A maioria das pessoas que conhece as criptomoedas, opta por conhecer a Bitcoin e quando pretende começar a aventurar-se, procura investir a longo prazo, no sentido de adquirir uma determinada quantidade de criptomoedas e mantê-las durante algum tempo, com o objetivo de ver o seu capital aumentar ao longo do tempo. Pelo menos, este seria o cenário ideal, uma vez que implica pesquisa sobre a tecnologia e uma boa análise fundamentalista, procurando conhecer características de cada projeto, problemas que pretende resolver, utilidade pública, roadmap, prazos e datas de lançamento de novas funcionalidades, entre outros aspectos. Porém, a realidade acaba por ser outra. Muitas pessoas entram no mercado das criptomoedas pelas razões erradas, procurando lucro rápido e sendo alvo de esquemas fraudulentos, normalmente relacionados com pirâmides financeiras. Felizmente, por outro lado, existem as pessoas que pretendem estar ligadas ao ecossistema das criptomoedas, não pelos fundamentos e potencial tecnológico, mas sim pelos lucros fantásticos que podem obter através do trading. A negociação nos mercados permite realizar operações com lucros muito acima dos mercados tradicionais e os traders mais experientes conseguem antever os movimentos do mercado com maior precisão, acabando por ver nos cripto ativos uma fonte de rendimento fantástica! #trading


"O trading e a negociação nos mercados, permite realizar operações com lucros muito acima dos mercados tradicionais e os traders mais experientes conseguem antever os movimentos do mercado com maior precisão, acabando por ver nos cripto ativos uma fonte de rendimento fantástica!"

Existem diversos tipos de trading e dependem única e exclusivamente do perfil de investidor. Nem sequer quero enaltecer a importância do perfil de investidor, uma vez que nem todas as pessoas vão querer estar associadas ao trading. Os investidores mais conservadores, para além de procurarem ativos de volatilidade reduzida, procuram ganhos consistentes com alguma margem de segurança. Os investidores mais agressivos, procuram volatilidade e estão dispostos a aumentar a sua margem de risco. E como tal, no caso das criptomoedas, a estratégia de "buy & hold" funciona bastante bem, se for utilizada corretamente e num timing apropriado. Adquirir criptomoedas num pico de mercado, nunca será uma boa estratégia, uma vez que o preço já subiu tanto que a próxima fase é extremamente fácil de prever: o mercado vai sofrer uma correção e os preços vão descer. Porém, é uma estratégia muito mais segura e altamente lucrativa, apesar de estar bastante dependente do tempo.

No caso do trading, as possibilidades são infinitas! Como referi, existem diversos tipos de trading e cada pessoa deve procurar sentir e compreender qual é a sua forma de estar dentro do mercado. Não vou enunciar todos, porque o objetivo deste artigo é apenas alertar o leitor para a importância do trading como ferramenta e estimular a sua prática, no sentido de aumentar os seus lucros e proteger-se contra potencias movimentos no mercado que não sejam desejados. Desta forma, vai compreender que o importante é definir a sua estratégia e começar devagar, procurando formação ou começando a realizar pequenas operações com uma pequena parte do seu capital que lhe permita ir evoluindo. E verá que essa evolução será tão importante para aumentar a quantidade de moeda governamental (EUR) ou Bitcoin (BTC). Existem pares em EUR ou USD, como BTC/EUR, BTC/USD, ETH/EUR ou ETH/USD, e pares em BTC, como ETH/BTC, LINK/BTC, BAT/BTC, entre muitos outros. Ou seja, a ideia será que evolua para aumentar aquilo que sentir que será mais importante para si em determinado momento. #oportunidadenotrading



Os day traders são pessoas que lidam com o mercados diariamente. Procuram lucro todos os dias e gostam de se posicionar no mercado de forma a poderem aproveitar os movimentos de subida e descida de preço. Claro que existem vários níveis de experiência e nem todos os traders conseguem operar nos dois sentidos, uma vez que isso implica maior conhecimento sobre ativos e produtos financeiros. No entanto, não só é possível como aumenta a probabilidade de sucesso. Muitas vezes, são conhecidos com scalpers, quando operam em intervalos de tempo muito curto, realizando operações intra diárias. Os day traders, apesar de realizarem trading todos os dias, podem ter ordens que demoram algumas horas ou dias para serem fechadas e concluídas, uma vez que fazem uma análise técnica bem estruturada e se posicionam no mercado com mais calma. Depois, existem os swing traders, aqueles posicionam no mercado em intervalos de tempo maiores e para além de procurem mais fundamentos nos ativos em que pretendem investir ou especular, realizam uma análise técnica mais abrangente, procurando seguir as linhas de tendência do mercado a médio prazo e garantir que a probabilidade de sucesso é muito elevada. Como tal, são muitas vezes apelidados de seguidores de tendência, apesar de poderem operar em intervalos de tempo curtos, médios ou longos. Por fim, existem os holders, aqueles que compram e não vendem até que o ativo atinja proporções completamente diferentes daqueles que existem no momento de aquisição do ativo. Os holders os HODLers, como gosto de realçar, são as pessoas que compram Bitcoin e/ou altcoins e nunca vendem, porque acreditam na sua implementação mundial de forma mais significativa nas próximas décadas. São pessoas mais focadas nos fundamentos da tecnologia e no propósito de cada projeto, na resolução de problemas e na utilização das criptomoedas para diferentes fins. Se preferirmos comparar estas pessoas ao mercado accionista e bolsista, podemos pensar nas pessoas que compram acções para as deterem por tempo indeterminado e receberem dividendos, ou se as compararmos ao mercado imobiliário, poderemos pensar nas pessoas que têm uma casa de família durante décadas para as suas gerações ou para a rentabilizar eternamente, procurando assegurar a sua fonte de rendimento passivo. #tiposdetrading

Uma das coisas mais importantes, independentemente do tipo de trader, é o equilibrio encontrado entro trio de pilares do trading: sistema, dinheiro e mente. Como diz Luis Maia, no seu livro O que deve saber sobre dinheiro e mercados financeiros, e passo a citar "The System, The Money, The Mind. The System: a técnica de abordar e entrar no mercado com uma boa saída dele de forma a dar lucro interessante e consistente no tempo. The Money: uma boa gestão do capital existente de forma a acumular ganhos e a não perder rapidamente o dinheiro que se tem na conta. (..) The Mind: o investidor não é uma máquina e é impossível controlar as suas emoções", é muito importante controlar a forma como se opera no mercado, fazer uma excelente gestão de risco e controlarmos as nossas emoções. Desta forma, o trading será sem dúvida uma excelente ferramenta.


"Claro que existem vários níveis de experiência e nem todos os traders conseguem operar nos dois sentidos, uma vez que isso implica maior conhecimento sobre ativos e produtos financeiros"

Pessoalmente, considero-me um HODLer! Por razões óbvias, uma vez que acredito na implementação e valorização das criptomoedas a longo prazo. Porém, gosto de trading e das suas potencialidades. Utilizo diversas formas de trading e, apesar de não ser um especialista e estar limitado em termos de conhecimento sobre análise técnica, consigo ser observador, procurar boa informação e utilizar o trading para aumentar os meus lucros, ganhando dinheiro com a movimentação do mercado. Tudo é possível de aprender o trading é cada vez mais essencial. Num momento em que o desemprego é sempre uma ameaça, a segurança laboral é mínima, a competição é feroz e as oportunidades não abundam nem se posicionam a favor da riqueza, aprender trading e operar nos mercados financeiros e das criptomoedas é crucial para conseguir investir melhor e aumentarmos o nosso capital. #tradingcomoferramenta


Se o trading é para si ou não, só você o saberá. Mas respondendo à pergunta inicial deste artigo, acredito que sejam para todos aqueles que se entusiasmarem e procurarem uma forma de aproveitar ainda melhor a volatilidade do mercado das criptomoedas. Aconselho sempre que aprenda a realizar pequenas operações com segurança de forma a aumentar o seu capital e quantidade de ativos, conseguindo aumentar a sua riqueza e por fim, a sua felicidade. O meu desafio é que tenha uma boa parte de ativos guardados em segurança e como tal, no que se refere a criptomoedas, deve procurar uma boa wallet. Porém, deve ir aproveitando as oscilações e a volatilidade do mercado à sua medida, conseguindo pequenos ou grandes lucros que vão ter uma benefício enorme a longo prazo. Encontramo-nos no próximo artigo!


Aproveita e siga o podcast HODLcast! para ouvir outros temas interessantes e aprender ainda mais

120 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo